O pior conselho para receber sobre planejamento por Ricardo Ost.

Todo mundo tem uma história muito boa para te contar, uma solução para os problemas de sua empresa, uma estratégia melhor que a sua e um plano muito diferente do seu. O problema é que conselhos são de graça e as pessoas não pagam a conta no final do mês. Apesar de ser de graça, saiba que não é todo conselho que vale a pena levar para casa.

Para Ricardo Ost não foi diferente. Atento a oportunidades de mercado, busca identificar as demandas não atendidas, que são feitas de forma parcial ou com baixa qualidade. Gosta de criar negócios e gerar oportunidades de negócios para sua rede de contato. Sua empresa terceiriza atividades para condomínios, empresas e indústrias voltados para atender as demandas e objetivos dos clientes com soluções personalizadas e adaptadas, sempre zelando pelo negócio e patrimônio.

Como todos os empreendedores, escutou alguns nãos, mas também muitos conselhos. Só que nesta trajetória, a conselhos chamaram a atenção:

01) Valorização dos colaboradores: “…ouvi de mais de uma pessoa para não dar benefício nenhum a mais para os colaboradores e explorar ao máximo essas pessoas para que elas produzam para as empresas, pois não dá para confiar e nem contar com as pessoas.”. Imagina.

Para Ost, “… isso vai totalmente contra nossos valores, que é de humanização das pessoas e a valorização delas. Assim elas fidelizam, gostam da empresa e isso reflete no zelo delas pelo trabalho e no cuidado com os serviços realizados para nossos clientes.”. Fidelizar o cliente é bom, mas o trabalhador é necessário.

02) Mercado: “O mercado é muito acirrado e competitivo. É melhor ficar pequeno, não chamar a atenção e não crescer muito pois pode acabar perdendo cliente e quebrar como acontece com várias empresas.”. O mercado é acirrado e crescer nunca é um problema, se for planejado, é claro.

Ost ainda afirma: “Nós sabemos da qualidade dos serviços prestados e sabemos também que o fato de sermos pequenos hoje nos dá agilidade e personalização para atender melhor os clientes. Baseado nestes diferenciais, já estamos estruturados para conquistar nossos objetivos, onde queremos crescer e expandir muito, sempre com qualidade, processos formatados e foco nas demandas do cliente.”

O que Ost descobriu é que “Muitas vezes não é necessário ter algo totalmente inovador ou nunca antes realizado, mas pequenas partes do processo, do produto, do serviço ou da experiência junto ao consumidor podem ser inovadas e criadas para gerar diferenciais competitivos em relação a concorrência.”, portanto, fique atento aos conselhos para não andar na contramão dos seus valores e objetivos.

Nossos mentores, seu futuro empreendedor. Acesse agora a Comunidade Empreendedora. Uma comunidade de conhecimento e experiências compartilhadas que ajudará você a criar estratégias de sucesso para o seu negócio.

www.comunidadeempreendedora.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*